Tribuna Popular é homenageada por mais de quatro décadas como jornal impresso e agora por sua jornada na rede mundial, a Internet.

O jornal Tribuna Popular foi homenageado no último dia 18 de outubro de 2021 através de merecida moção honrosa proposta pelo vereador, advogado e jornalista Paulo Henrique, aprovada e concedida pela Câmara Municipal de Cacoal. Essa foi mais data especial para o fundador de Tribuna Popular, Adair Perin, sua esposa, Leane Perin, filhos Tales Perin, Adriane Perin e Giliane Perin, bem como por valorosos membros da equipe do jornal Tribuna Popular que, ao longo de mais de 40 anos, foram parte deste vibrante jornal que, em 27 de agosto de 2021 encerrou um ciclo histórico, ao deixar de ser impresso em papel, e iniciar outro ciclo agora tendo como novo e definitivo lar a internet.

Adair Perin, fundador do jornal Tribuna Popular

Adair Antonio Perin, o fundador do valoroso jornal Tribuna Popular, é filho de gaúchos, nascido em 09 de março de 1953, em Chapecó, SC, tendo se mudado com a família para o Paraná em sua infância, de onde migraria para Rondônia.
No final da década de 70 do século e milênio passado, Adair Perin mudou-se para Cacoal, RO, onde, em 1980, decidiu fundar um jornal, após notar as dificuldades que a população do local tinha para aceder uma informação noticiosa. Nessa época não havia ainda meios de comunicação consolidados e a cidade contava apenas com serviço de alto-falante para comunicar alguns ocorrências e fatos, o chamado popularmente de “Pau de Fuxico” em razão de o dispositivo ficar preso a um poste.
Foto: Mateus Afonso (Reprodução)

Perin teve várias dificuldades, uma vez que para imprimir as primeiras edições, era necessário apelar para gráficas de fora do Estado e, posteriormente, conseguiu imprimir as edições do jornal na capital de Rondônia, Porto Velho. Somente algum tempo depois é que adquiriu um maquinário antigo, em linotipo, com o qual fez o seu jornal circular na cidade. Somente algumas décadas depois é que finalmente o jornal passou a ser impresso em maquinário melhor, seguindo as tendências de um mundo que não para de se modernizar.
Por falar em modernização e tecnologia, quando Tribuna Popular começou a circular em Cacoal, Internet era apenas um termo utilizado nos meios acadêmicos para um sistema de transmissão de dados que, segundo os cientistas da época, poderia, no futuro, constituir-se uma teia global de informações. Era, portanto, uma aposta para o futuro, presente apenas em fase experimental em grandes universidades dos Estados Unidos e algumas da Europa, mas que as pessoas comuns pouco ou quase nada sabiam.
Tribuna Popular deixou de ser impresso desde 27 de agosto de 2021 e hoje segue sua jornada na rede mundial de computadores sob o endereço www.tribunapopular.com.br

Quis o destino que justamente esse meio tecnológico fosse o responsável pelo fim de um ciclo de Tribuna Popular e início desse seu novo ciclo iniciado em fase experimental em 2015 e que agora se transforma, em 2021, no único e definitivo lar deste jornal que que inicia uma nova e vibrante etapa agora através desse meio outrora desconhecido e que hoje é a grande teia global de informação, também conhecida por World Wide Web (rede mundial de computadores), ou simplesmente www., as três letras iniciais que agora formam parte do novo endereço de Tribuna Popular, a saber www.tribunapopular.com.br.
Pode-se dizer que Tribuna Popular sofreu os impactos das transformações pelas quais o mundo passou ao longo desses 41 anos. Para os mais nostálgicos, amantes do jornal impresso, do poder folhear um jornal e desfrutar de seus conteúdos, a Internet é a culpada pelo fim desse ciclo de mais de 4 décadas como fonte de informações e engrenagem de nossa história. Por outro lado, a Internet também propicia uma nova fase em que as limitações de uma edição impressa, que alcança um público mais localizado, ficaram no passado histórico. Agora, no ambiente digital, uma informação veiculada por este jornal estará ao alcance de qualquer cidadão, brasileiro ou estrangeiro, em qualquer parte do mundo e, quiçá do Universo, visto que, tecnicamente, a internet também pode ser acessada, via satélite, de fora de nosso planeta, em qualquer lugar distante da via láctea onde um terráqueo tenha se atrevido a ir.
Adair Perin (esquerda) e o vereador proponente da Moção Honrosa, Paulo Henrique Silva

De acordo com o vereador e jornalista Paulo Henrique Silva, não há como homenagear Tribuna Popular, Adair Perin, o jornalismo de combate, e não citar o grande entusiasta Rui Barbosa, um dos grandes intelectuais deste país, que é fonte de inspiração não apenas para jornalistas, mas também para advogados, professores e intelectuais que fazem deste país uma potência emergente.
Daniel Oliveira Paixão (SRTE 1402/RO)

O jornalista Daniel Oliveira da Paixão, que chegou em Cacoal em 1987, e foi acolhido pelo chefe Adair Perin, afirma que ter participado da história deste jornal foi uma honra e um aprendizado contínuo em sua carreira.
“Foi na Tribuna Popular que dei os meus primeiros passos no jornalismo. A partir do que aprendi no dia a dia de trabalho neste jornal, portas se abriram para mim, tanto em jornais impressos dos Estados de Rondônia, São Paulo e Espírito Santo, como também para uma atuação futura também no jornalismo institucional, via Assessoria de Imprensa de Câmaras Municipais e Prefeituras de cidades como Pimenta Bueno, Espigão do Oeste, Ji-Paraná e Cacoal. Assim como Tribuna Popular, também me reinventei tecnologicamente e agora concilio minhas funções de servidor público com o jornalismo online e atuação no ramo de tecnologia da informação, que tanto me encanta”, conclui o jornalista que diz ter a honra de ter trabalhado ao lado de grandes jornalistas de quem foi colega de profissão na Tribuna Popular, citando, entre eles Basílio César Teotônio, Eli Batista, Onézio Soares, Nilceia de Freitas, Orniza Soares, e uma equipe de profissionais honrados que se dedicaram ao jornal como Moisés Paixão, Nels Oliveira (Nelinho), Edson Artur “Torrado”, Luiz Gonzaga Barroso, Elcilene Fortunato, e tantos outros, como o agora seu colega desse jornal já no ambiente virtual, professor e jornalista Francisco Xavier Gomes”.
Ailton Paulino Soares Júnior – Profissional de Marketing e Mídias

Alerta Cacoal, um novo veículo de comunicação que se inspira em histórias emocionantes como as de Adair Perin, sua família e aqueles que fizeram parte de nossa história via Tribuna Popular por décadas, parabeniza à família Perin por tantos anos de dedicação à nossa cidade. Fica aqui os aplausos de toda a equipe do Alerta Cacoal, entre os quais do comunicador Ailton Paulino Soares Júnior, a esse valoroso jornal agora homenageado. Merecidas honrarias a quem foi, é e continuará sendo parte de nossa história.
DR MILANI PRESTIGIA HOMENAGEM À TRIBUNA POPULAR

Dentre as demais autoridades que estiveram pestigiando a solenidade de homenagem à Tribuna Popular de Cacoal, esteve presente o juiz de direito, Dr Mário Milani. Ele, que revelou ser um leitor de Tribuna Popular mesmo antes de morar em Cacoal, ressaltou que  “O Tribuna Popular sempre divulgou a sociedade cacoalense. Através do jornal nós sabíamos de tudo que acontecia em Cacoal. Hoje o Tribuna continua forte e muito, embora em uma plataforma digital, mas com a mesma qualidade de conteúdo”, pontuou o magistrado.

Câmara Municipal

Os vereadores Ezequiel Câmara (Progressistas), Romeu Moreira (DEM), Paulinho do Cinema (PSB), e Zivan Almeida (PSC) prestigiaram a homenagem ao Tribuna Popular, além do presidente João Carlos Pichek e o proponente da homenagem, vereador Dr. Paulo Henrique Silva.

Para o jornalista Adair Antônio Perin, a Moção de Aplausos, veio selar com chave de ouro o reconhecimento pela prestação dos relevantes serviços, ao longo dos 41 anos de história no jornalismo de Cacoal, e de Rondônia. Já a filha, Giliane Perin, que seguiu os passos do pai, comentou que cresceu dentro do Jornal Tribuna Popular, era lá que ela brincava quando criança, e foi sua admiração pelo pai que a levou a escolher cursar jornalismo.
LISTA COMPLETA DOS HOMENAGEADOS:
– ADAIR ANTONIO PERIN
– LEANE PERIN
– TALES DONAT PERIN
– GILIANE PERIN
– ADRIANE PERIN
– IVANI PERIN
– DENISE EUGÊNIA PAULO DA SILVA
– BASILIO CESAR THEOTONIO
– ELI BATISTA
– DANIEL OLIVEIRA DA PAIXÃO
– MOISÉS OLIVEIRA DA PAIXÃO
– LUIZ GONZAGA BARROSO
– CLEALDO GUIMARÃES CABRAL
– LUIZ CARVALHO
– MARISA LINHARES
– EDSON ARTHUR DA SILVA
– ODILMAR VARGAS
– DR. JOSÉ COSTA
– DR. FLÁVIO LUIZ DOS SANTOS
– ANTÔNIO SANTOS (TONINHO DO JORNAL)
– JOSÉ LUIZ ALVES
– FRANCISCO XAVIER GOMES
– ONÉZIO SAORES
– VALDECIR FRACARI
– ANDERSON RAFALSKI
– CLAUDINEI SORCE
– ORMIZA SOARES
– EDUARDO ALECRIM
– FERNANDA BONILHA
– JANETE VARGAS
– EVAMAR MESQUITA
– MARILZA MOREIRA NUNES.
– JOSÉ ANTONIO FRAGOSO
– ANTONIO CARLOS VALADARES
– ADÃO WENZEL DO NASCIMENTO
– ADEMAR ROMANO
– FRANCISCO REGINALDO JOCA
– HEITOR DONAT
– VILMAR DEL CASTANHEL SPRÍCIGO
– VALDIVINO CABRAL
– LUCINEIDE MARIA DOS SANTOS
– OSÉIAS CORREIA DE BRITO
– LUIZ DOS SANTOS
– NELIS DOS SANTOS
– NILCEIA DEO DE FREITAS
– PAULO KATATAL DE SOUZA
– NIRLEI BERTILHA DE ARAUJO
– MIRIAN DONAT
– JUSMAR LUIZ SILVA LUSTOZA
– RUBENS CAMPOS
– FERNANDO VON NOBLE
– DEVAIR MOURA
– VILSON SOBRINHO VIEIRA
– ROGERIO ADERBAL
– PAULO HENRIQUE DOS SANTOS SILVA
– PERSEU REJANI GONÇALVES QUILES
– THIAGO BARISSON
– JOSÉ ANÍZIO BIANCHI
– DR. SENEVAL VIANA DA CRUZ
– NEUZA MARIA PERIN LIMA
– DR. BERNANDO PENNA SCHIMIDT
– JÉSSICA ENGELHARDT
– EDNA OKOBAYASHI
– WILSON ROCHA
– MARCOS SUNIGA
– ERIKA FREITAS
– JEAN FREITAS
– ELCILEN FORTUNATO
– JOSÉ OSMAR MORAIS
 

   Continua após o anúncio  

  • IN MEMORIAN: 

– JOSÉ CARLOS PEREIRA
– MOISÉS FANTON
– MARCOS DE OLIVEIRA “PARAÍBA”
– DR. ANTONIO PAULO DOS SANTOS
– VERA LÚCIA DE ALMEIDA
– DR. VALTER NUNES DE ALMEIDA
– DR. FRANCISCO AZEVEDO RODRIGUES
– NESTOR CAMPISTA.


REPORTAGEM: DANIEL OLIVEIRA DA PAIXÃO (SRTE 1406/RO)

Compartilhe esta matéria:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram

+ Sobre o tema

Destaques