Assista: Grave acidente envolvendo ônibus e carreta na BR-163 entre Sinop e Sorriso deixa 11 mortos

O Instituto Médico Legal de Sinop identificou mais 4 vítimas do violento acidente entre ônibus da empresa Itamarati e uma carreta Volvo, na BR-163 entre Sorriso e Sinop, no início da tarde.

Uma fonte de Só Notícias no IML Sinop informou que foram identificados Brenda Nunes Ronsoni, 24 anos, que residiria em Água Boa; Pedro Henrique Rodrigues Leal Pinto, 21 anos, de Pontes e Lacerda; Maria Carneiro, 61 anos, de Cuiabá e Alfredo Lopes da Silva, 65 anos, também Cuiabá. A professora em Sinop Sidineia de Oliveira Cardoso, de 48 anos, e seu filho Carlos André, de 14 anos, residiam em Sinop, além do papiloscopista Clayton Silva. Outra vítima é Déborah Costa de Almeida.

O trabalho de identificação no IML está sendo feitos por papiloscopistas de Sinop, Sorriso e Alta Floresta.

A Polícia Rodoviária Federal informou que 11 pessoas morreram, mas nesta quarta-feira de manhã retificou a informação e confirmou que faleceram 8 pessoas. Em nota, o Corpo de Bombeiros informa que as pessoas feridas foram encaminhadas aos hospitais em Sinop e Sorriso. O total não foi divulgado. “Diversas vítimas foram atendidas no local, apenas com escoriações leves e já haviam sido liberadas ou encaminhadas por terceiros ou outros órgãos”, informa. O carreteiro não se feriu gravemente.

   Continua após o anúncio  


No ônibus havia 44 pessoas, incluindo o motorista que, segundo a PRF, teve braço amputado. O resgate feito por bombeiros de Sorriso, Sinop, socorristas da Rota Oeste e a equipe do Ciopaer (helicóptero da PM), além de policiais rodoviários federais. Antes da chegada das equipes, pessoas que passavam pela rodovia pararam e ajudaram alguns feridos. 19 militares trabalharam no resgate usando 7 viaturas dos bombeiros. Da concessionária também foram vários socorristas e diversas viaturas.

Os socorristas ajudaram algumas pessoas sair pelas janelas e plataformas dos guinchos da concessionária foram usadas para auxiliar na remoção. O resgate terminou e com mais de duas horas de intenso trabalho e as pessoas foram transferidos em várias unidades de resgate.

A rodovia ficou bloqueada por mais de 4 hora sendo liberada por volta de 16:40h. O perito da Politec apontou, na análise preliminar, que invasão de pista pode ter sido a causa do acidente. O ônibus ficou com a lateral esquerda muito danificada, assim como a frente. A carreta Volvo, de uma empresa de transportes, carregada com grãos tombou na pista. O inspetor Leonardo Ramos, da PRF, disse que neste trecho são constantes as infrações com “show de imprudência”.

Os prefeitos de Sinop, Roberto Dorner, decretaram luto de 3 dias. A prefeitura de Sorriso, divulgou nota de pesar e se solidariza a cada uma das famílias. O governador Mauro Mendes manifestou pesar.

O ônibus havia saído de Cuiabá com destino a Sinop, a 503 km da capital, e faria a última parada antes da chegada. O acidente ocorreu entre Sinop e Sorriso. Já a carreta havia partido de Sinop com destino a Rondonópolis.

O perito Leandro Valendorf disse que em uma das pistas tem uma marca de frenagem produzida pelo ônibus que indica que o coletivo invadiu a pista contrária. Ele explica que a alta velocidade não foi a causa do acidente.

Segundo o superintendente da PRF, as informações iniciais apontaram que o motorista do ônibus teria dormido ao volante.

A pista ficou totalmente interditada por cerca de cinco horas, enquanto as vítimas estavam sendo socorridas por equipes de resgate da concessionária Rota do Oeste e Corpo de Bombeiros. Um helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAer) também foi encaminhado para o local para ajudar no resgate dos sobreviventes. O trecho foi liberado às 16h42 [horário de Mato Grosso].

“Um acidente muito trágico, muito triste. Talvez um dos maiores que já registramos nesse trecho. Temos várias pessoas que já foram removidas e encaminhadas ao hospital”, disse o chefe da PRF de Sorriso, Leonardo Ramos.

O chefe da PRF disse que as causas do acidente ainda serão apuradas. “Serve de alerta para todos os motoristas que passam por essa região. Esse é um trecho extremamente perigoso, um show de imprudências, de desrespeito à sinalização, de excesso de velocidade, e o resultado, infelizmente, é esse”, afirmou ele.

   Continua após o anúncio  

VEJA OS VÍDEOS:

Fonte: Só Notícias e g MT

Fotos e vídeos: Reprodução Só Notícias e SBT Notícias

Compartilhe esta matéria:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram

+ Sobre o tema

Destaques